Era uma vez uma velhinha que já não tinha nenhum amigo, pois todos eles haviam morrido. Por isso, ela começou a dar nome às coisas que durariam mais que ela: sua casa, seu carro, sua poltrona. Até o dia em que um cachorrinho apareceu no seu portão. Então, a velhinha acaba dando um nome ao cachorrinho, mesmo correndo o risco de sobreviver a ele.

A autora trata sutilmente de solidão e perda. As bonitas ilustrações, em aquarela de traço firme, imprimem graça e leveza ao texto.

Autora: Cynthia Rylant

Ilustradora: Kathryn Brown

Tradutora: Gilda de Aquino

Temas: Ética / Conto / Animais de estimação / Humanos / Terceira idade / Solidão/ Dia Internacional da Terceira Idade (1º de Outubro)

Faixa Etária: A partir de 3 anos

 

ISBN: 9788585357856

Acabamento: Lombada Canoa

Número de Páginas: 32

Formato: 23 x 25,5

A Velhinha que dava Nome as Coisas

R$49,90
A Velhinha que dava Nome as Coisas R$49,90
Entregas para o CEP:

Meios de envio

  • Loja Serelepes Rua Tenente Rui Lopes Ribeiro, 72 - Loja 2 - Centro - Macaé/RJ (rua da FAFIMA, próximo ao banco Itaú) Atendimento Segunda à Sexta de 9h às 18h e Sábado de 9h às 14h

    Grátis

Era uma vez uma velhinha que já não tinha nenhum amigo, pois todos eles haviam morrido. Por isso, ela começou a dar nome às coisas que durariam mais que ela: sua casa, seu carro, sua poltrona. Até o dia em que um cachorrinho apareceu no seu portão. Então, a velhinha acaba dando um nome ao cachorrinho, mesmo correndo o risco de sobreviver a ele.

A autora trata sutilmente de solidão e perda. As bonitas ilustrações, em aquarela de traço firme, imprimem graça e leveza ao texto.

Autora: Cynthia Rylant

Ilustradora: Kathryn Brown

Tradutora: Gilda de Aquino

Temas: Ética / Conto / Animais de estimação / Humanos / Terceira idade / Solidão/ Dia Internacional da Terceira Idade (1º de Outubro)

Faixa Etária: A partir de 3 anos

 

ISBN: 9788585357856

Acabamento: Lombada Canoa

Número de Páginas: 32

Formato: 23 x 25,5